O fato é que você pode até não gostar de filmes sangrentos, de massacres, e tudo mais, e eu também não gosto, mas quem não gosta daquele bom filme de suspense, com uma boa dose de terror?

Todo mundo já olhou entre os dedos naquela parte assustadora que você sabe que a mocinha não deveria entrar abrir a porta, porque ela está sozinha em casa! Todo mundo já deu aquele grito e disse: “Tá ali atrás de você sua burra!”. Todo mundo ficou um dia com medo de olhar no espelho do banheiro e ver alguém atrás de você. E todo mundo já ficou com medo de ir no cemitério a noite. Todo mundo já sentiu medo de acordar em uma banheira cheia de gelo e sem um rim!

O fato é que as pessoas gostam de sentir medo as vezes, e quem nunca viu um filme de terror que atire a primeira pedra!

Por isso dois dias depois do Halloween porque eu sou uma pessoa muito pontual, eu trago a vocês o melhor do terror. As melhores lendas urbanas, nacionais e internacionais.

- Lenda da Xuxa – A mais conhecida no Brasil

Essa vem do tempo que ela fazia filmes para baixinhos de 12 anos. Tá bem foi mau! Nas profundezas do mundo das trevas, rola uma lenda de que a nossa querida rainha dos baixinhos teria conseguido tudo o que tem, fama e dinheiro, porque tem um pacto com o lá de baixo, isso mesmo. Os antigos vinis da loira, segundo a lenda se tocados de trás para frente (eu não porque honestamente não tenho tempo para isso) tem mensagens subliminares. Outro fato são as bonecas de Xuxa, em uma certa época dizia-se que as mini loiras atacavam as crianças enquanto dormiam… Não sei se é verdade tudo isso, só sei que amanha meu lixeiro irá encontrar uma surpresinha no saco de plásticos.

- Os órgãos

Todo mundo sabe que se você for em uma festa, não deve tomar nada que alguém tenha te dado vigiar sua bebida a todo tempo, porque? Porque simplesmente você pode acordar em uma banheira cheia de gelo sem algum órgão… ou então não acordar, então você não saberia dessa lenda… ah, fiquei confusa! Só sei que essa lenda circulou pelo mundo inteiro e depois com a querida internet ela foi se intensificando.

- A ressurreição de Walt Disney

Logo após a morte de Wal Disney, que ocorreu em 1966 em decorrência de um câncer no pulmão, um boato fez com que muita gente ainda acredite que o criador do mickey mouse foi congelado através de uma técnica conhecida como criogenia para um dia ser ressuscitado. Tão forte como as lendas do rock que dizem que Elvis Presley está vivo ou que alguns discos de vinil trazem mensagens satânicas quando tocados ao contrário, a lenda sobre o congelamento do corpo de Disney sobrevive a partir de alguns fatos que alimentam as teorias conspiratórias. Um deles é ele ter sido cremado em um funeral reservado, segundo a versão oficial divulgada pela família, e outro é que a primeira experiência de criogenia com um ser humano ocorreu exatamente algumas semanas após a morte do pai do Mickey.

- Loira do banheiro

Os temas sobrenaturais são os preferidos das lendas urbanas. Este é o caso do conto sobre a loira do banheiro provavelmente inventado por um periódico sensacionalista brasileiro inspirado nas narrativas norte-americanas sobre bruxas. A lenda que logo espalhou-se no boca a boca pelas escolas do país conta que uma adolescente loira e bonita adorava cabular as aulas e muitas vezes ficava no banheiro da escola fumando. Numa dessas, ela teria escorregado, batido a cabeça no chão e morrido. Sua alma, no entanto, não se conformou com tamanha fatalidade e passou a frequentar os banheiros das escolas assustando garotas e garotos que estavam por lá matando aula. Como era de se esperar, vários estudantes afirmaram ter visto a loira do banheiro e a descreveram como pálida, com cicatrizes na cabeça e algodão enfiado no nariz para o sangue não escorrer (algo estranho para um fantasma que teoricamente não deveria ter mais sangue nas veias). Segundo a crença popular, se você for ao banheiro pretendendo cabular aula e não encontrar a loira é só fazer um ritual que ela aparece: acione a descarga por três vezes, chute a privada e vire-se rapidamente para o espelho.

Tenho que te contar uma coisa eu já fiz isso na escola, e não funcionou o máximo que me apareceu foi minha amiga loira me xingando porque acha essa lenda preconceituoso. Só sei que não da certo e… o que é isso atrás de você?

- Seringa macabra

Nos primeiros anos do surgimento da AIDS, o medo e a ignorância alimentaram várias histórias destinadas a provocar pânico na população. Entre as muitas lendas urbanas que surgiram em torno da doença, a da seringa contaminada no cinema foi uma das que fez mais sucesso. Um homem revoltado por ter sido infectado com o vírus da AIDS teria colocado seu sangue contaminado em várias seringas e as espalhado pelas poltronas de vários cinemas. Os incautos que fossem espetados por elas seriam contaminados com a doença. A ideia da seringa com sangue contaminado gerou outras variações como a lenda sobre os ataques aos passageiros do metrô ou de assaltantes que usavam desse expediente para roubar suas vítimas.

 

Quem ficou com medo dessas lendas ponhe o dedo aqui que já vai fechar, gente eu só tenho uma coisa a dizer: Eu não acredito em nada disso e… Oi meu nome é Samara, tenho 14 anos (Teria se estivesse viva). Morri aos 13, em Cascavel PR. Eu andava de bicicleta quando não pude desviar de um arame farpado. O pior foi que o dono do lote não quis me ajudar, rio de mim e após eu ter de me agonizar por 2 horas enroscada no arame, eu
faleci! Através desse e-mail eu peço que façam com que eu possa descansar em paz. Envie isso para dez pessoas e minha alma estará sendo salva por você e pelos outros dez que receberão. Caso não repasse esse recado, vou visitar-lhe a cada 3 dias. Assim você poderá conhecer o tal arame bem de perto. Dia 15 de Julho Mariana resolveu rir desse e-mail, uma noite depois ela sumiu sem deixar vestígios.

 

Amanda Moreira,

Aprendiz de morena do banheiro

  • http://www.facebook.com/camila.loricchioveiga Camila Loricchio Veiga

    HAHHAHAHAHHA
    Manooola! Adorei teu post!!! XD
    De verdade, tem um monte de lenda aí que não conhecia, tipo a do Walt Disney e esse da seringa macabra… imagina um monte de gente olhando para ver se tinha uma seringa no banco do cinema… coisa estranha,
    Mas o melhor foi o finalzinho. Chorei de rir aqui!!!
    Isso me lembra aquele filme de terror tosquíssimo Lenda Urbana (o 1 e o 2)…

    Beijos!
    Camila

    • http://paraomundoqueeuqueroescrever.wordpress.com amandacmoreira

      AHSUHAS que bom que gostou Camila!!! Também acompanho sempre o Castelo de Cartas e sou super fã :]
      Beijos!

  • leonardo

    sao americanas